Skip to content

Discurso de casamento

05/10/2009

Recentemente, uma casal de amigos meu se casou de papel passado. Eles já viviam juntos há cinco anos e estão grávidos de três meses, então a cerimônia (só no civil) e a festa foram mais para facilitar as coisas legalmente e para marcar o evento. Embora não tenha sido padrinho, me foi requisitado fazer um discurso — mais voltado para o meu amigo, já que a madrinha da noiva faria um discurso também se concentrando nela. No final das contas, foi bem legal, embora meu amigo tenha me ligado três dias antes para me avisar que haveria crianças e idosos presentes e que eu deveria maneirar. :] Pelo que ouvi, todo mundo gostou. Segue abaixo o texto.

Quando o Márcio me pediu para fazer um discurso, fiquei pensando o que falar. Tentei me lembrar de fatos interessantes da nossa amizade de 21 anos, mas a única coisa que vinha a minha mente era o tamanho descomunal do nariz dele. Isso e seu vasto conhecimento sobre animais. Certa vez na praia, ao avistar uma gaivota, ele apontou e disse “Um albatroz!” As memórias que eu tenho do Márcio são sempre muito alegres, assim como ele.  Não consigo lembrar de ter brigado com ele nesse tempo todo que a gente se conhece, que é algo que não posso dizer da maioria dos meus amigos, né, Fernando? Ele é um grande amigo, apesar de sua intransigência, incapacidade de manter segredo, apreço por idéias ultrapassadas, infantilidade, flexibilidade moral… Por que que eu sou seu amigo mesmo?  Por isso, quando ele conheceu a Mariana surgiu a dúvida se ele ia continuar o mesmo. Sabe como é, ás vezes um relacionamento pode mudar uma pessoa – não necessariamente para melhor. A única coisa que eu sabia da Mariana é que ela era mestre de obras na Rede Globo, onde ela virava laje e era conhecida como a menina do reboco. Bom, para minha grata surpresa, a Mariana e o Márcio se mostraram muito parecidos, literalmente. Sua semelhança física é perturbadora. Eles se completam. Acho que eu teria que desejar felicidades para uma nova etapa que vcs estão começando. Mas como a gente sabe que este casamento é de fachada – a Mariana está grávida – eu prefiro desejar que a felicidade que vocês tiveram nesses cinco anos continue por mais 555 anos.

Não esqueci da Maratona de outubro, mas lembrem que prometi 31 textos então um por dia. Por exemplo, na pousada que fiquei neste fim de semana não tinha acesso à internet. Então, este post é equivalente ao do dia 3 de outubro.

4 Comentários leave one →
  1. Lorena Morales permalink
    30/12/2011 15:39

    Adorei….! Não encontrei o q procurava, mas me senti naquele casamento, participando e ouvindo o discurso. É impressionante como um ótimo texto nos transporta, eleva os pés do chão…. obrigada pela experiência.

  2. 20/11/2012 19:40

    legal. gostei muito.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: