Morte nas escadas do Metro

Uma mulher morreu no metrô de Nova York, porque estava carregando o carrinho de bebê nas escadas e caiu. Essa é uma cena comum nas estações do Metrô Rio (e da Supervia também), que não são exatamente campeãs de acessibilidade. Só algumas estações possuem elevadores de acesso e eles muitas vezes estão parados.

Isso é, obviamente, um problema grave para quem tem mobilidade reduzida — cadeirantes, idosos etc. –, mas afeta também os ciclistas. Pelas regras do Metro Rio, eles não podem usar os elevadores, que são de uso “exclusivo” e não preferencial, além de, pelas regras da companhia, também não poderem levar as bicicletas nas escadas rolantes. Fora a truculência dos agentes de segurança do Metro Rio.

Seguidas à risca, essas normas significam que ciclistas têm que se aventurar carregando suas bikes nas escadas — a mesma situação que levou à morte da mãe americana.

A foto abaixo, tirada na estação Saens Pena da linha 1, é um exemplo dessa situação.

25594369_10156403770677971_2475169807918645516_n.jpg

Superseeds #93: Swords & Supers, part 1

Swords & Supers, part 1 é o nonagésimo-terceiro artigo da minha coluna na RPG.netSuperseeds. Neste, introduzo uma campanha onde super-heróis e supervilões do século 21 vão parar em um mundo de espada e feitiçaria, Atlânia.

E confira nosso Patreon!

 

Swords & Supers, part 1 is the ninetieth-thirdinstallment of my RPG.net column, Superseeds. In this one, I introduce a campaign in which 21st-century super-heroes and supervillains are transported to a world of sword and sorcery, Atlânia.

And check out our Patreon!